Jantar de Boas-Vindas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Sab Mar 23, 2013 2:31 pm

Jantar de Boas-Vindas



O ambiente não está muito diferente do padrão. Velas encantadas sobrevoam o salão com luzes baixas deixando um clima mais agradável e uma música baixa toca ao fundo. Nas mesas é notável a fartura de alimentos. O local está extremamente propício para uma boa conversa e confraternização entre os alunos, professores e convidados.

Obs.: O jantar acontece no salão principal


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Dom Mar 24, 2013 2:17 pm

Dinner Crazy

Gregory Ptrelynoum
Um exagero alucinado de cores negras que em meio as luzes farfalhantes das velas encantadas se revelavam em tonalidades absortas de um azul cobalto intenso, o brilho do couro cuidadosamente costurado a mão entregavam toda a pompa exagerada da vestimenta a qual o velho manco se orgulhava em exibir, como um velho pavão que simplesmente desistia da pouca humildade para reinar absoluto com suas plumas repletas do veneno da ostentação.

O salão já estava movimentado, quando entrou, nem sequer passeou os olhos por entre os presentes, manco como sempre, atravessou o chão de madeira polida criando um som descompassado em um mix de passos lentos e arrastados e o choque entre a bengala velha e o chão encerado. Manteve o caminha incrivelmente continuo, sem precisar parar para tomar folego em nenhum momento (o folego a tanto, não era mais o mesmo, mais uma verdade é certo, que desde seu ultimo encontro com um médico abusado sua respiração não o traia mais , o que para ele, chegava a ser um verdadeiro alivio) seguiu o caminho por entre o salão, as mesas já abarrotadas de comida exalavam o calor de algo bem preparado e visivelmente atraente as olhos cheios de vontade e fome. Alguns alunos já se atreviam a provar os quitutes maravilhosos que se dispunham generosamente sobre as mesas de madeira bruta.

Lá na frente acima das cabeças dos chefes das casas, dos professores e diretores quatro animais estampavam os finos tapetes persas que se dispunham um a um graciosamente mantidos por uma fina magia, por um segundo enquanto caminhava os encarava levemente, poderia parecer somente mais um curioso, se não fosse claro, pela expressão severa e amarrada. Não faria questão de participar de um evento tão inoportuno e forçado quanto este se não fosse mesmo necessário, em outras palavras forçado... Fazer parte da imensa lista de docentes da escolha erguia sobre ele algumas responsabilidades quaisquer que o obrigavam a manter o decoro em momentos como este. Seus colegas, todos muito falantes e conversados trocavam sorrisos entre pequenos comentários e falsidades momentâneas. Quando finalmente chegou a frente do salão fechou ainda mais a expressão como um urso que se esconde na caverna ignorando as irritações externas.

O som da madeira pesada da cadeira riscando o chão com certeza foi alto, entretanto par o velho rabugento era somente mais um som no meio da falsa festa, se sentou, e ali ficou, com a expressão o mais séria possível, tão séria que seria um quase extasse de concentração absurdo, jamais piscava, jamais trocava olhares com os colegas de profissão apenas aguardava que toda aquela impetuosa baboseira fosse encerrada.




-------------------------------------------------------------

Vestindo: Preto; Azul Cobalto
Humor: Indiferente






Template feito por Petter Vaughan Cavendish no Expresso de Hogwarts RPG !

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Dom Mar 24, 2013 4:05 pm



I want you.
and you need me.


Sendo Editora-Chefe do jornal mais renomado do mundo bruxo, Nora recebia convites para os mais importantes eventos da sociedade. Tal como o jantar que aconteceria na noite deste dia no castelo de Hogwarts. Um lugar ao qual a mesma já estava habituada a visitar. Em sua ultima visita cometeu o pecado de ficar com um de seus colegas de trabalho, que algum tempo depois pediu demissão de seu cargo. Não fazia questão de levar para o lado pessoal a demissão do rapaz. Sempre bem resolvida a mulher sabia diferenciar o ambiente de trabalho com os lugares de diversão. Pessoalmente, ela não gostava de relacionamentos com o pessoal do trabalho, mas como uma Kauffman nata ela não resistia a esses pequenos pecados que lhe eram oferecidos. Suspirou profundamente, estava numa época estressante onde ela deveria selecionar as melhores matérias para o Jornal e consequentemente a manchete para que lhe rendesse mais vendas. Cogitou a ideia de não ir e passar um tempo em casa, porém isso não era do seu perfil. Sempre sociável e extrovertida, sabia falar de todos os assuntos (auxilio da profissão que exercia) chegando um dia a cogitar a entrada para o corpo docente de Hogwarts.

Não demorou muito para que Nora se arrumasse, um vestido preto não tão justo cobria o corpo escultural, uma maquiagem leve nos olhos e um batom vermelho sobre os lábios. Salto alto era sempre seu melhor amigo, disfarçando a pouca altura que dispunha. No térreo olhou para o alto observando, por alguns segundos, as escadas se moverem e deixou um leve sorriso surgir nos lábios. Adentrou o salão, olhou para todos os cantos, notou a luz baixa e a música agradável que não atrapalhava a intensa conversa que se fazia no salão. As mesas exibiam uma imensa fartura que faziam os alunos novos maravilhados. Procurou por alguém que já conhecesse, porém não encontrava ninguém, muito menos Lola. A porta se abriu novamente deixando dois alunos entrarem correndo esbarrando nela, recuperou o equilíbrio e não deixou que o bom humor se esvaísse.

Procurou com os olhos as bebidas, já que estava desacompanhada nada melhor que um bom vinho tinto suave. Dirigiu-se até onde o garçom se encontrava e o mesmo lhe serviu numa taça de prata. Tomou-a em mãos sentando-se numa mesa qualquer, bebeu um gole e deixou que os pés batessem no compasse da música ao fundo. Até enxergar um senhor, no salão com uma expressão séria, tão séria que o deixava sexy. Ele tinha um ar intelectual que brincava com os sentidos de Nora, que permanecia a observá-lo. Aguardou calmamente até que seus olhares se cruzassem, ao ver que ele a via levantou a taça e lhe deu um sorriso discreto, nada muito exagerado.

infinitize @JM and @GL


Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Seg Mar 25, 2013 9:35 am

A noite caia enquanto Bess observava pela janela de seu quarto. A lua surgia por entre algumas nuvens. Lembranças de uma noite em Paris lhe vieram a mente. Noite que havia lhe trazido Pandora. Apesar de ter sofrido pelo abandono, jamais se arrependera do que tinha feito. Pan era seu maior orgulho.
Sorrindo, Bess se vira e vai até o espelho. Trajava um roupão felpudo na cor salmão e chinelos de pano. Tinha que se arrumar para ir a um jantar especial em Hogwarts, mas a tentação de deitar nua em sua cama quente era quase irresistível.
Mas tinha que ir ao evento, afinal era professora de Hogwarts e diretora da Grifinória. Tinha que se mostrar presente nos assuntos acadêmicos.
Sem muita vontade, vai até o seu closet. Escolhe um vestido que comprara em uma viagem ao Japão. Era de seda e mangas curtas. O comprimento chegava na base do joelho e a gola era alta. A cor azul Royal contrastava com sua cor de pele e os pequenos botões dourados reluziam em seus olhos. Era um de seus vestidos favoritos. Prende os cabelos em um coque frouxo e aplica uma maquiagem que delineava bem os olhos. Se olha no espelho e sorri satisfeita. Sensual sem ser extravagante. Esse era o estilo de Bess.

Não havia muitas pessoas no salão principal quando Bess chegara. Apenas o professor Ptrelynoum e sua irmã Nora que flertava descaradamente com o professor de Adivinhação. Bess sorri para sua irmã e dirige-se até a mesa dos professores. Senta-se ao lado da cadeira da Diretora e se serve de uma dose de Whisky de Fogo. Olha por sobre o copo e sorri ao ver os alunos chegarem. Logo começaria o evento.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 12:43 pm

Fora convidado para o jantar de boas vindas em Hogwarts. Nora já havia dito que iria fazer a cobertura disso, se necessário, então eu tinha adquirido uma folga. Se bem que ultimamente minha cabeça não estava criando nada produtivo e eu havia me isolado de tudo e de todos. Vesti uma roupa simples, um casaco preto, calça jeans e um tênis. Aparato perto de Hogwarts e de lá vou andando, amava andar sozinho, quando não se tinha uma bela mulher para acompanhar-me. Ao chegar perto do local combinado percebo que não tinha barulho, então eu chegara cedo demais. Adentro o local e vejo apenas três pessoas, a diretora da grifinória, um homem que não sabia o nome por ser difícil e claro, Nora Beleza Kauffman que... flertava o senhor descaradamente. Paro ao ver aquilo e sorrio, ela não perdia a oportunidade de flertar... pelo menos não os outros. Me aproximo e aliso suavemente o cabelo dela, e logo após vou me sentar em um lugar afastado da mesa. Dou um sorriso para Bess, mas ignoro o homem carrancudo que ignorava os flertes de Nora, ao menos por enquanto. Ponho as mãos na mesa, batucando os dedos. Olho para o alto e vejo as velas magicamente dispostas e fecho os olhos, ouvindo a música de fundo. Era de fato um local agradável.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Ter Mar 26, 2013 11:26 pm



( Jantar de Boas-Vindas )

Can I just run away?


O jantar de boas-vindas no Salão Principal começara à uma hora, eu estava atrasada, mas vindo de mim isso não era surpresa. Nem saíra da minha sala ainda, estava terminando de me vestir quando ouvi vários passos do lado de fora da porta e risadas abafadas. Alunos do primeiro ano, provavelmente. Só estava torcendo para não pegar algum aluno da Sonserina aprontando, pois meu humor não estava nada bom essa noite, e não ajudaria em nada um jantar barulhento, cheio de pessoas com seus sorrisos falsos e trajes elegantes. Terminei de colocar o par de brincos e, sem mais delongas, deixei minha sala rumo ao Salão Principal.

Adentrei o Salão Principal com o costumeiro sorriso falso, tentando não vomitar. Eu tinha a estranha sensação de estar caminhando em câmera lenta enquanto fazia meu curto trajeto até a mesa onde se encontravam os adultos, que se resumiam em professores, funcionários da escola e alguns convidados do Profeta Diário. Achei estranho não ter a presença dos Ministeriais, normalmente eles frequentavam esse tipo de evento, mas talvez dessa vez fosse um pouco mais privado. A comida farta já estava sobre as mesas, não pude deixar de agradecer mentalmente os elfos domésticos por terem sido mais rápidos desta vez, assim eu só comeria e voltava o mais rápido possível para a minha garrafa de whisky na minha sala. A maioria dos professores conversava alegremente, então achei melhor sentar na outra extremidade da mesa para não ser muito contaminada com o entusiasmo. Próximo a mim estava um dos redatores do Profeta Diário, um rapaz de aparência jovial e muito bonito, parecendo um pouco perdido nos próprios pensamentos e tão longe quanto eu. Peguei uma taça de vinho e dei um grande gole na mesma, corri meus olhos pelos variados tipos de comidas que havia na mesa, mas realmente não estava com fome. Pela primeira vez notei que no local havia pouca luz, e também alguns enfeites discretos, deixando o ambiente mais agradável do que de costume. A maior parte do barulho vinha da mesa da Sonserina, na qual não consegui tirar os olhos enquanto bebia da taça de vinho que se encontrava firme em minhas mãos.




tempo: Normal!

lugar: Salão Principal, Jantar de Boas-Vindas!

vestindo: ISSO!

notes: Sozinha!

!



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qua Mar 27, 2013 8:43 pm

Aos poucos as pessoas iam chegando. Suspeitei que não fosse um jantar tão aberto assim, ou com certeza já estaria lotado. Comecei a me perguntar se não seria melhor ter ficado em casa, mas refutei esse pensamento quando vi uma mulher se sentar na mesa. Provavelmente uma professora. Ela me chamou logo a atenção. Decidira evitar a alegria dos outros professores, a mesma atitude que a minha. Tinha traços belos e um rosto elegante. Se vestia bem, um visual discreto mas bastante... atraente e sofisticado. Contraio os dedos, tentando buscar na minha cabeça alguma desculpa para me aproximar dela, mas não havia vindo nenhuma. Me levanto sutilmente e vou andando até ela, me sentando a uma curta distância da mesma. Ela olhava firmemente para a mesa da Sonserina, deduzi que fosse a diretora da casa o que me deixou um pouco pé atrás. Iria tentar puxar conversa com ela, e mais uma vez meu lado - que era quase todo meu ser - cafajeste começava a se manifestar. Se ela não fosse do tipo que gostava de relacionamentos sérios, e quisesse algo mais além de uma conversa, eu poderia prover isso com prazer, se não, me conformaria em ser uma boa companhia para conversa. Talvez ela já tenha me notado e não sei se isso era bom ou ruim, pois ela continuava me ignorando, talvez apenas não quisesse um cara chato puxando assunto. - Aposto que eles são os que dão mais trabalho. - digo com uma voz serena, fitando a mesa dos sonserinos. Pela primeira vez acho que me senti acanhado em me aproximar de uma mulher, mas também... ela tinha algo a mais, algo... que me envolveria facilmente. Afasto esses pensamentos da mente, pelo menos por hora. - Prazer... eu me chamo Nicholas, e... posso saber o nome da senhorita? - Só esperava que ela não me pusesse para sair dali, seria... fatal para mim, estava me comportando até.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qua Mar 27, 2013 9:24 pm



( Jantar de Boas-Vindas )

Can I just run away?


Os minutos arrastavam-se lentamente, eu sentia como se estivesse sentada ali durante séculos, mas talvez não tivesse passado nem um minuto, pois eu ainda fitava a mesa da Sonserina sem piscar. O copo de vinho em minhas mãos já estava vazio e eu nem ao menos percebera. Pousei o copo na mesa e esbocei um sorriso frustrado para mim mesma. O que eu estava fazendo ali mesmo? Pois é, ainda me perguntava isso de minuto em minuto. Um movimento muito próximo a mim me chamou a atenção. Quando olhei para o lado lá estava ele; Mais próximo do que antes, mas não próximo o suficiente para ficarmos ombro a ombro, e não demorou mais que alguns segundo para ele puxar assunto. Hesitei alguns segundos antes de responder, isso é SE eu fosse responder. Deixei-o falar e esperei mais um pouco. De certo ele pensaria que eu era surda ou algo do tipo, mas não me importei. Virei o corpo para o lado direito, para vê-lo melhor, e entortei a cabeça levemente para o lado, sem tirar os olhos dele. Eu realmente precisava parar com a mania de analisar as pessoas tão indiscretamente. Por fim o achei digno de conversar comigo e sorri inocentemente.

- Meu nome é Noëmmie Bitchshosk... – Apresentei-me, ainda com o sorriso inocente nos lábios. - E realmente, eles não são fáceis. – Comentei, lançando um olhar furtivo para a mesa da Sonserina. Por um segundo olhei para a mesa ainda cheia de comidas e encontrei minha taça cheia de vinho novamente. Sorri satisfeita e apanhei-a, já dando o primeiro gole no delicioso vinho. Cruzei as pernas e me curvei para frente, apoiando os braços nas pernas e voltei a fita-lo. – Veio com a Srta. Kauffman? – Perguntei em tom descontraído. Na verdade era só uma maneira discreta e educada de perguntar se ele estava dormindo com ela.




tempo: Normal!

lugar: Salão Principal, Jantar de Boas-Vindas!

vestindo: ISSO!

notes: com o Nicholas!

!



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qua Mar 27, 2013 9:51 pm

Por alguns instantes achei que ela iria me ignorar e por um momento passou pela minha cabeça em pedir desculpas pelo incoveniente e me afastar mas, para minha sorte, vejo ela se virar para mim e por o rosto de lado, me fitando descaradamente. Retribuo o olhar, ela tinha algo... fatal por assim dizer em seus movimentos e em seu olhar, definitivamente, uma legítima sonserina. Sentia que o olhar dela buscava em mim algo mais que apenas minha aparência, mas logo me aliviei ao ver o sorriso meigo dela. Ela se vira para mim e cruza as pernas, fazendo com que eu lançasse um olhar discreto para as mesmas. Tinha mania de notar isso nas mulheres, espero que ela não tenha notado. Pego uma taça de vinho que estava à minha frente e dou um pequeno gole. - Noëmmie... é um belo nome,igual a dona. - termino a frase com um sussurro. Olho para ela novamente, tinha definitivamente um ar meigo e muito atraente. Sorrio ao ouvir aquela pergunta. - Não não, vim sozinho. Eu e Nora nos encontramos apenas para trabalhar. E você parece que não veio acompanhada... e quanto a você? Alguém a acompanha? - não mentira, afinal nunca se encontrara com Nora, essa pergunta dela era um bom sinal e retribui com uma pergunta igualmente discreta que em outras palavras poderia dizer se ela era solteira, ou ao menos, interessada em uma nova companhia hoje a noite. - Sabe... não quero me parecer insinuoso, mas esse jantar não é exatamente aquilo que eu esperava... então após o término dele, se ainda tiver disposição e quiser ir para algum lugar para quebrar o gelo... e você que decide se vou me comportar ou não. E novamente seu lado cafajeste apareceu. Por um momento refletiu e pensou se não era muito cedo para fazer esse convite, mas não pôde resistir, e eles tinham até o fim da noite para se conhecerem melhor...

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qua Mar 27, 2013 10:21 pm



( Jantar de Boas-Vindas )

Can I just run away?


Em poucos minutos de conversa ele revelou ser o canalha que eu imaginei assim que pus os olhos nele. Mas não podia deixar de me divertir com a situação. O momento era perfeito para os joguinhos que eu tanto amava e não praticava há algum tempo, mas com certeza não perdera o jeito. Abaixei a cabeça levemente para rir quando peguei seu olhar em minhas pernas. Ainda com a cabeça baixa, levantei os olhos até alcançar os seus e mordi o lábio inferior.

- Já deve ter notado que estou sozinha, caso contrário, eu nem estaria aqui. – Respondi. – Estaria em outro lugar fazendo alguma coisa mais... Interessante. – Completei, dando um sorriso infantil que não combinava nem um pouco com o que eu acabara de dizer, apesar de que o jogo era deixá-lo interpretar tudo da maneira que quisesse. Lancei lhe um ultimo olhar antes de ingerir de uma vez só todo o conteúdo de dentro da taça. Suspirei e pousei a taça de prata vazia sobre a mesa. Levantei-me e caminhei muito lentamente até ele, parecendo até que iria embora, então parei e sentei-me em uma cadeira ao seu lado. Curvei-me para frente graciosamente até minha boca alcançar sua orelha, antes passando centímetros de seus lábios.

E o que lhe faz pensar que eu estou interessada em você, Sr. Bíceps? – Sussurrei a pergunta em seu ouvido, em um tom ousado e provocativo. Estava me divertindo.





tempo: Normal!

lugar: Salão Principal, Jantar de Boas-Vindas!

vestindo: ISSO!

notes: com o Nicholas!

!



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qua Mar 27, 2013 10:47 pm

Cada movimento dela era firme e decidido, o que me envolvia ainda mais. E aquele sorriso... tão inocente que contrastava com seu jeito fatal e sedutor. Dou um sorriso sacana ao ouvir a confirmação dela. Ela bebeu todo o vinho de uma só vez, era sua segunda taça se observei bem, e o vinho poderia deixá-la mais... solta. Vejo ela se aproximar de mim e se sentar do meu lado. Aquilo fez com que surgisse na minha nuca um arrepio sutil. Ela sabia como envolver um homem. Sua boca passa a centímetros da minha, o que faz com que eu feche os olhos, mas eu realmente me deixei levar quando ela sussurrou tão sensualmente no meu ouvido... a pergunta era um tanto irônica, mas aquela voz... me fez desejá-la. Sorrio e abro os olhos lentamente, a olhando tão perto de mim. Ergo minha mão e aliso o rosto dela. Queria beijá-la ali mesmo, mas havia muita gente. Deixo que meus dedos deslizem até o pescoço dela, de onde saia um perfume delicioso. - Talvez eu não seja do tipo que lhe agrade totalmente à vista, mas olhando em volta... não vejo quem mais poderia lhe proporcionar um pouco de diversão e... - aproximo sutilmente minha boca do seu ouvido e mordo o canto de sua orelha, sussurrando logo em seguida no seu ouvido-prazer..., prometo que se quiser provar, irá gostar.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qua Mar 27, 2013 11:21 pm



( Jantar de Boas-Vindas )

Can I just run away?


Não pude deixar de dar uma gargalhada gostosa ao ver ele se entregando de bom grado ao meu jogo. Com certeza eu podia admitir que tinha encantos o suficiente para seduzir um homem, mas também não podia negar que ele também sabia como seduzir uma mulher, principalmente com seu jeito jovial e despojado. Fechei os olhos por alguns segundos quando ele alisou meu rosto e depois desceu seus dedos até meu pescoço tão suavemente. Senti um leve arrepio e me perdi em pensamentos insanos quando meus olhos pousaram em seus lábios carnudos e naturalmente avermelhados. Percorri a língua pelos meus lábios lentamente, me deliciando com o momento. Fui despertada do meu transe quando começou a falar e repentinamente se aproximou de mim, mordeu o canto da minha orelha e terminou sua frase num sussurro. Vibrações tomaram conta do meu corpo; começava na ponta dos meus dedos dos pés e ia subindo lentamente por todo o meu corpo.

De repente me lembrei de todas as pessoas que nos cercavam; Alunos, professores, funcionários de Hogwarts e convidados. Eu não podia simplesmente sair andando noite adentro com um suposto desconhecido. Em meio de conversas e risadas, ouvi o vento zunindo do lado de fora do castelo. Soltei um suspiro pesado e fiz um biquinho manhoso para o Nicholas.

Inclinei-me para frente mais uma vez e apoiei minhas mãos em seus joelhos e fui subindo pelas suas coxas, dei uma leve apertada e parei, não poderia avançar o sinal ali. - Quem sabe outro dia... – Disse a ele, com a voz baixa e aveludada, olhando-o nos olhos. Lancei lhe um sorriso malicioso e me levantei. Agora era a hora de eu terminar de beber meu whisky em minha sala. Comecei a caminhar para fora do Salão Principal desejando loucamente poder me encontrar novamente com o rapaz em um futuro muito próximo.

Sai dali.




tempo: Normal!

lugar: Salão Principal, Jantar de Boas-Vindas!

vestindo: ISSO!

notes: com o Nicholas!

!



Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qui Mar 28, 2013 12:05 am






ONE OF A KIND ♥

DON'T NEED REASON, DON'T NEED RHYME, AIN'T NOTHIN' THAT I’D RATHER DO. GOING DOWN, PARTY TIME. MY FRIENDS ARE GONNA BE THERE TOO. I'M ON THE HIGHWAY TO HELL, ON THE HIGHWAY TO HELL


Os pensamentos vagavam como um turbilhão pela mente da diretora Lolavie, deixando-a cada vez mais inquieta e cuidadosa. Cada passo que realizava era milimetricamente calculado por seus “seguidores”, ou quem sabe o termo que se encaixaria melhor nesta situação, sanguessugas. Apenas confiava desconfiando a partir dali. “Dois passo a frente, e um para trás, até atingir um progresso permanente mais cauteloso.” Tudo era indubitavelmente pensado por diversas vezes, afinal ocupava um cargo de peso no mundo bruxo e cabia a ela cuidar de seus alunos e de si própria, que possivelmente era agora alvo constante de pensamentos perturbadores e maldosos de seus inferiores reprimidos. Poucos de seus companheiros lhes transpassavam a confiança necessária. No entanto, sem sombra de duvida, era melhor ter poucos amigos ali do que não se ter nenhum ao seu lado. E foi no meio de indagações como aquela que considerou a possibilidade de algumas mudanças no castelo. Guardou-as para si, e marcou um esplendoroso jantar para anunciar tais alterações. Poucos detinham a informação sobre aquelas mudanças, e muitos se espantariam quando descobrissem do que se tratava finalmente. Os dias passavam vagarosos e estendidos em um tédio mortal. A rotina não podia se abalar enquanto não era chegado o momento do jantar, mas era o que parecia acontecer pela constante inquietação de todos os alunos, sem exceção. Durante suas aulas de poção tentara responder as demasiadas perguntas sem deixar claro do que se tratava. Ufa, havia conseguido se sair muito bem diante do constante interrogatório que lhe era imposto diariamente, principalmente, pelos primeiranistas. Depois de passadas algumas semana, o dia era chegado. Se preparava muito bem para realizar seu discurso. Era seu primeiro discurso formal dentro daquele cargo, por isso seu tom de nervosismo era eminente. Mas de fato ela estava predestinada a ser a detentora daquele poder, há muito estava se preparando e era apta para comandar aquela instituição como ninguém. No fundo nunca se esquecia disso, mas seu lado sentimental por vezes aflorava deixando esses sentimentos transparecerem. Saiu de sua sala e foi em direção ao salão principal, de encontro com seus colegas docentes e de encontro com Henry, principal peça naquele dia. Com toda certeza ele a ajudaria, como estava ajudando desde que haviam sido nomeados diretora e vice. A amizade de longa data que os dois cultivavam estava surtindo efeito na direção da escola. Possivelmente este havia sido um dos critérios para a escolha dos dois e de sua equipe. Lolavie, detentora de muitos segredos e de uma beleza incomum que esconde por trás de si inúmeras surpresas, que estão longe de serem descobertas. Seu tom frio e calculista sumia todas as vezes que via a face angelical daqueles alunos. Nunca
tinha se sentido tão livre e leve como se sentia naquelas ocasiões de celebração e reunião. Todos os alunos e docentes trajavam as vestimentas devidas e estavam se portando elegantemente. Ao contrario do baile de inverno, a musica era clássica e feita delicadamente para ser apenas apreciada. Dirigiu-se ao fundo do salão e fez o sinal certeiro de que o banquete estava servido. - Sejam bem vindos. O banquete está servido. - As mesas de todas as casas se encheram então de comidas variadas, para todos os gostos. O brilho nos olhos dos primeiranistas eram pura faísca de alegria e divertimento. Ao longe, Lola apenas observava o contentamento de todos, enquanto tomava uma taça de champanhe e permanecia no canto sozinha a observar.



NOTES: alone... WORDS: I don't know!
VESTINDO:aqui
JESS ♥ OOPS!





Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Convidado em Qui Mar 28, 2013 12:13 am

Percebi que aos poucos ela estava deixando se levar pelas sensações, era impossível negar que não nasceu um pequeno laço de atração ali. Ela faz um biquinho tão... sexy, apoiando as mãos nas minhas coxas e as apertando, o que me tirou um arrepio e um suspiro. Ela falou me olhando nos olhos. Por um lado fiquei triste por não poder acompanhá-la, por outro fiquei alegre em saber que iríamos nos ver novamente. Saio dali.

Convidado
Convidado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jantar de Boas-Vindas

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum